Hoje trazemos o testemunho de uma formanda de auxiliar de veterinária que está a fazer voluntariado através do projecto que lançámos em Setembro do ano passado.

foto

“Estou a fazer voluntariado num canil e estou a gostar muito, a veterinária que está lá todos os dias é impecável comigo e tem sido uma mais valia.

O voluntariado num canil (este não é de abate) é muito trabalhoso. Há muitos animais, alguns doentes e em tratamento e há aqueles que estão no hospital e com prognóstico muito reservado.

Eu estou a gostar mesmo muito, o meu primeiro dia foi logo assim de “tratamento de choque”, iniciei com uma esterilização de uma cadela prenha de 11 bebés, que não nasceram como é óbvio, eu achei que quando começasse a cirurgia ia cair para o lado mas não, aguentei-me muito bem com a ajuda da veterinária que esteve sempre a falar comigo, a explicar o que ia fazendo. Foi muito gratificante apesar de saber que os bebés não iam nascer mas, já é difícil arranjar lar para os animais que já existem quanto mais para aqueles que ainda vão nascer e ainda é pior quando são de porte grande que era o caso destes…

No dia seguinte continuei com cirurgias e foi a castração de 2 gatos. Nunca pensei que fosse tão fácil, básico mesmo, é uma cirurgia super rápida demora mais o tempo dos gatos adormecerem que propriamente a cirurgia.

O voluntariado num canil ou mesmo numa associação pode ser feito por qualquer pessoa e, são sempre bem vindas todas as ajuda. Aconselho todos a experimentar mimar todos os animais que estão em canis ou associações.

Por escrito não dá para exprimir o que sinto de contentamento em estar a trabalhar como voluntária num meio que eu tanto gosto, os animais…

Eu estou a adorar e esta semana lá vou eu outra vez 🙂